(...)


Acabou o tempo em que escrevi por ti, para ti, sobre ti.

domingo, 25 de abril de 2010

Não queria voltar a caminhar naquela longa estrada, sozinha nem em sofrimento. Queria voltar a caminhar nesta mesma estrada, mas sim na tua companhia. Tinha esperança que no fim desta estrada te iria encontrar e puxar-te para caminharmos novamente mas no sentido contrário, até encontrarmos a chave da porta da nossa nova caminhada.
A questão era mesmo se querias voltar a dar-me a mão. Se querias voltar a caminhar comigo. Se querias voltar a pisar a mesma estrada que eu e seguir novamente os meus passos. Será que querias voltar a correr para mim e abraçar-me de forma apaixonada. Caso isso acontecesse eu retribuir-te-ia com um beijo também de forma apaixonada, caso não acontecesse imaginaria tudo isto de forma esperançosa.
Eu fui e não voltei.
Prendeste-me e não me deixaste voltar atrás.
Fizeste-me uma promessa Disseste-me:
-“ Vou voltar a beijar-te e fazer-te feliz”
Não quis acreditar no que tinha acabado de sair da tua própria boca, parecia um sonho, só me apetecia fugir dali como se fosse algo muito mau o que tinha acabado de ouvir mas sim porque tinha perfeita consciência que nada disto seria propriamente uma grande verdade.
Voltar a beijar-me era algo que eu queria à imenso tempo até porque poucas vezes o fizeste. Não era propriamente uma coisa impossível mas se o fizesses não era por me amares mas sim para fazeres de mim novamente uma “empregada” satisfazendo os teus pedidos e desejos. Não me queria voltar a sentir assim.
Fazer-me feliz era sim algo impossível se na verdade nem sequer me amava, mais difícil se tornava quando dificilmente alguém conseguiria ser feliz com simples carinhos, gestos, palavras que na verdade eram falsos.
Por tudo o que pensei decidi esquecer a oportunidade que tinha. Preferi não te aceitar de novo e sofrer com os meus próprios actos.
Vendo o fim e a lógica desta história ficarei sem ti fisicamente mas permanecerás comigo interiormente.
Vou tentar ser feliz com as recordações, lembranças que ainda me restam e com as gravações da tua voz na minha mente.
Mas uma coisa, fica já sabendo que te amo e amar-te-ei para sempre, independentemente das feridas que já provocas-te em mim, do que já me fizeste sofrer não são essas coisas que proíbem o amor que sinto por ti, mas são as pessoas que não o aceitam que fazem com que cada vez se torne mais difícil ter-te.

Daniela Vieira

9 comentários:

  1. É tão bom saber isso Dannie, obrigada :)

    ResponderEliminar
  2. olha esta ! devias ter vergonha ! --'
    Já me falaram de ti ... em vez de pensares 1º em ti lembra.te das consequências que essa «felicidade» trouxe a muita gente !
    NÃO SEJAS ABORRECIDA !

    ResponderEliminar
  3. Olha não sei quem és mas também não sei o que tens contra mim. Também nao podes ter formado uma opiniao sobre mim só pelo que te disseram. Eu luto pela minha felicidade e devias fazer o mesmo, porque se és frustrada temos pena.

    ResponderEliminar
  4. chama-lhe frustação chama oh atadinha! ahahah
    .!. não sei como é que a Luísa ainda não te saltou para cima :D
    e aquilo que lhe foste não foi amiga de certeza !
    então vá, sê feliz á custa dos outros
    frustadA, eu ? gaitaa

    ResponderEliminar
  5. Uma primeira coisa que devias nao fazer era meter te nas guerras dos outros, porque sim, tu estas a considerar isto uma guerra e a meter te nela sem teres nada a ver com isso,não tens vida propria? Não tens com que te entreter sem te meteres na vida dos outros? E já agora acho que a luisa saltar me para cima, sinceramente, era um bocado preocupante .|.

    ResponderEliminar
  6. oh minha idiota . tu só te enterras ! aqui , quem em primeiro se meteu na vida dos outros e não tem vida própria és tu !! pffe
    quem te dera a ti que ela te desse essa atenção muhahah ;D
    tens muita mania no cu oh pitinha dum raio -.-

    Vê se te matas !

    ResponderEliminar
  7. Para a anónima que criticou...

    Se não gostas não vens para aqui criticar e chatear percebeste?

    ResponderEliminar
  8. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  9. Está lindo , tens bué jeito para escrever amor (:

    ResponderEliminar